Comitê luta pela instalação da Ufsulba em Itabuna

|


Estudantes e representantes da sociedade participaram da caminhada em prol da Ufsulba, que percorreu a Avenida do Cinquentenário

Com o intuito de chamar a atenção das autoridades para a importância de agilizar o processo de instalação em Itabuna de um campus da Universidade Federal da Bahia, estudantes, representantes de Sindicatos, Clubes de Serviço, Amurc, ACI, Câmara de Vereadores, OAB e outras entidades participaram na manhã de ontem de uma caminhada na Avenida do Cinquentenário.

O movimento foi coordenado pelo Comitê Pró-Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsulba) – nome este que pretende ser dado a extensão da Ufba na região. A mobilização começou no dia 12 de novembro, em Camacã e Buerarema, e se estendeu por cidades da região como Canavieiras, Coaraci, Itajuípe, Ibicaraí, Uruçuca, Ubaitaba e Jussari.

Em Itabuna, teve destaque a participação dos estudantes e representantes da sociedade em geral. Portando faixas com frases: “Universidade Já”, eles pediam celeridade no processo de instalação de uma Universidade Federal na região.

“A região está carente de investimentos em educação. Precisamos lutar para que investimentos como a Ufsulba sejam feitos em Itabuna em caráter de urgência”, disse o presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Clóvis Loiola.

A passeata reuniu centenas de pessoas e terminou com uma reunião na praça Adami. As manifestações não têm data para terminar. “Vamos continuar cobrando e lutando em favor da melhoria das condições da nossa população. Investir em educação no presente é pensar no futuro econômico, social e político na nossa população”, frisou Loiola.

Também participaram da caminhada, vereadores, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil/Subseção Itabuna, Oduvaldo Carvalho, o presidente eleito da OAB/Itabuna, Andirlei Nascimento, o ex-vereador César Brandão, empresários e lideranças comunitárias.

0 Comentário:

 

©2009 NOTÍCIAS DE IPIAÚ | Template Blue by TNB