Sindicato e Política

|


Por: Samy Santos


Historicamente, os sindicatos têm a sua trajetória vinculada à autonomia e à independência político-partidária. Foi assim que eles, nos mais diversos âmbitos, conseguiram conquistas singulares para a classe trabalhadora.
Pode-se dizer que na essência os sindicatos desejam, em primeira instância, manter todos os seus membros empregados; em segundo lugar, ampliar a renda de seus filiados; e, finalmente e de maneira mais ampla, lutar pelos interesses da categoria.
Por outro lado, muitos sindicatos têm deixado de lado a militância histórica em prol dos trabalhadores, e tem buscado outras estratégias, o que, na maioria das vezes, não representa de fato o interesse de seus associados.
Já é fato corriqueiro no Brasil o envolvimento de sindicatos na política. Com a bandeira de defesa da classe trabalhista, membros de sindicância se candidatam a diversos cargos políticos, que vão de vereador a busca de uma vaga no senado.
É difícil imaginar que um sindicato vinculado à política continue lutando pelos interesses do trabalhador. Experiências no Brasil demonstram que tal “parceria” (política/sindicato) não tem trazido efeitos positivos. É só observar a quantidade de denúncias que membros do sindicato vêm recebendo após ingressar no âmbito político.
Ademais, é bom notar que sempre que houver um choque de interesses, certamente os do sindicato ficarão em segundo plano. É lamentável ver membros de sindicatos se envolvendo na política sob a bandeira de defesa dos interesses da classe trabalhadora.
Percebe-se, também, que sindicatos não podem ser presididos por pessoas que possuem vínculo político-partidário, sob o risco de ter ações/decisões sempre condicionadas pelos interesses familiares. Nota-se, assim, que toda a gestão precisa de lisura e credibilidade.
É preciso que a maioria dos sindicatos reencontre a essência da militância, que é a busca exclusiva pelos interesses da classe trabalhista. Afinal, ela é a razão da existência de sua existência (sindicato). Além disso, sindicato e política definitivamente não combinam. (www.samysantos.com.br)

0 Comentário:

 

©2009 NOTÍCIAS DE IPIAÚ | Template Blue by TNB