O Brasil ainda assusta

|


Por: Samy Santos


Jornais no mundo inteiro noticiaram que o Brasil será, certamente, a nova potência econômica deste século. Para referendar essa afirmativa, argumentaram acerca da descoberta da camada pré-sal, da estabilidade econômica brasileira, do desenvolvimento do comércio exterior e também da rapidez que o Brasil saiu da crise mundial.
Essas notícias são, sem dúvida, motivos para comemoração. Por outro lado, as mazelas sociais, injustiças e corrupção vêm caminhando lado a lado com o desenvolvimento econômico brasileiro. A cada dia se notícia, nos meio de comunicação, fatos que envergonham o país e entristecem a população.
Esta semana, por exemplo, o senado afrontou o Supremo Tribunal Federal (STF) ao não cumprir determinação de cassar o mandato do senador Expedito Junior (PSDB-RO) e dar posse ao empresário Acir Gurgacz. Se já não bastasse muitos políticos afrontarem o povo, o senado inova no momento em que não cumpre a determinação da mais alta Corte do país.
Hoje, um pai precisou fazer parto da filha numa cadeira de hospital, tudo isso ocorreu em razão de a família ter esquecido os documentos da gestante. A médica só apareceu para cortar o cordão umbilical da criança. Poderia ser cômico, caso não fosse um problema grave. É preciso ressaltar, também, que milhares de pessoas têm morrido em filas dos hospitais por falta de atendimento médico.
Há algumas semanas traficantes do Rio de Janeiro derrubaram um helicóptero da polícia, matando dois militares e deixando quatro feridos. Percebe-se, no entanto, que o problema é ainda maior, haja vista que a violência e o tráfico de drogas se alastraram até nas pequenas cidades, vistas anteriormente como lugares pacatos e hospedeiros.
Muitas crianças sofrem todos os dias com a fome nas cidades brasileiras. Apesar de os projetos sociais terem melhorado o cenário, é comum pessoas dormirem sem uma única refeição diária. Ainda no que se refere às injustiças contra as crianças, é só analisar os inúmeros casos de pedofilia e prostituição infantil que ocorrem no Brasil.
Bom seria se os argumentos apresentados nessa discussão fossem casos isolados da realidade brasileira, no entanto é notório que se trata de algo recorrente no país. Nota-se, assim, que apesar das boas notícias, o Brasil precisa avançar muito, não apenas numa perspectiva econômica, mas, sim, no âmbito social, cultural, humanitário e educacional. (www.samysantos.com.br)

0 Comentário:

 

©2009 NOTÍCIAS DE IPIAÚ | Template Blue by TNB