DEPUTADOS BAIANOS VÃO PARAR NA CORREGEDORIA

|


Temer mandou apurar denúncia de uso de notas frias

O presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP), encaminhará à Corregedoria da Casa as denúncias de uso de notas frias por parlamentares para justificar gastos da verba indenizatória. Documentos com indícios da fraude foram divulgados ontem pelo jornal Folha de S. Paulo, com base em decisão judicial. Caberá à Corregedoria analisar os documentos e definir responsabilidades, informou a assessoria de Temer. Os documentos mencionados pelo jornal paulista se referem a despesas de 2008. Segundo a Folha, os documentos de 2008 mostram, por exemplo, que o deputado Marcio Junqueira (DEM-RR) recebeu pelo aluguel de carros reembolsos mensais de R$ 15 mil de uma empresa registrada com o nome de PVC Multimarcas, de propriedade do advogado do parlamentar, Victor Korst. Os deputados baianos Severino Alves (PMDB) e Uldorico Pinto (PMN) teriam apresentado notas da empresa Valente & Bueno Assessoria Empresarial, cujo endereço é de um apartamento funcional em Brasília. Com informações do Bahia Noticias.

0 Comentário:

 

©2009 NOTÍCIAS DE IPIAÚ | Template Blue by TNB