César cobra ação contra juros a novo diretor do BC

|

Banco Central em foto de Agusto Areal

O senador César Borges (PR-BA) pediu hoje (24) atenção especial para o elevado spread bancário e as altas taxas de juros cobradas pelos bancos brasileiros, ao sabatinar, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, o economista Aldo Luiz Mendes para exercer o cargo de diretor de política monetária do Banco Central. De acordo com o senador, o alto spread - diferença entre o que o banco paga de juros ao investidor e o que cobra a mais para emprestar o dinheiro - está afetando as empresas brasileiras. Para ele, a economia nacional também é afetada pelo câmbio valorizado, que está encarecendo as exportações das empresas brasileiras. O economista, que teve a indicação aprovada, disse que medidas como a lei do cadastro positivo vão permitir reduzir os juros bancários.

0 Comentário:

 

©2009 NOTÍCIAS DE IPIAÚ | Template Blue by TNB