Instalada na Bahia uma das maiores empresas de cimento do mundo

|

http://www.comunicacao.ba.gov.br/fotos/2009/10/06/inauguracao-de-fabrica-da-votorantim-cimentos-em-candeias/governador-jaques-wagner-participa-da-inauguracao-de-fabrica-da-votorantim-cimentos-em-candeias-1/image_preview


O município de Candeias, que tem um dos grandes parques industriais da Bahia, ganhou nesta terça-feira (6) mais uma empresa. Trata-se da Votorantim Cimentos, uma das dez maiores do mundo no segmento, que chegou à Bahia gerando 200 empregos diretos e indiretos. Localizada perto do Porto de Aratu e com acesso a rodovias e ferrovias, ela vai atender ao crescente mercado da capital e Região Metropolitana de Salvador (RMS).

A empresa é resultado de um investimento de R$ 50 milhões para produção de cimento e argamassa e integra o Programa de Desenvolvimento Industrial e de Integração Econômica (Desenvolve). O programa concede incentivos fiscais aos empreendimentos que querem instalar, ampliar ou modernizar suas indústrias no estado.

Para o governador Jaques Wagner, a empresa chega para provar que a Bahia está superando a crise econômica. “Ela mostra como tratamos os novos empreendimentos que chegam ao estado. Buscamos soluções e não ficamos nos lamentamos pelo corte de verba que tivemos. A fábrica chega gerando emprego e é a prova da fulgência da economia baiana, mesmo diante da crise. Estamos num processo de decolagem da economia”, afirmou.

A Votorantim Cimentos foi inaugurada produzindo 40% da sua capacidade em argamassas básicas e colantes. A capacidade instalada para produção de argamassa é de 150 mil toneladas/ano. Com relação ao cimento, a expectativa anual de produção é de 320 mil toneladas. Esta é a única unidade que produz o cimento Aratu, marca consagrada na Bahia.

Localizada em um terreno de 370 mil metros quadrados, a fábrica preserva 70% do total desta área com matas nativas.

Segundo o presidente regional da empresa, Walter Schalka, a implantação da fábrica no estado vai aumentar a competitividade. “Acreditamos que teremos um consumo crescente de cimento, o que deve aumentar a competitividade na Bahia. Além disso, estamos contribuindo para a geração de emprego para a população local, criação de renda e principalmente a disponibilidade de fornecimento de cimento para todos os construtores locais”, disse.

0 Comentário:

 

©2009 NOTÍCIAS DE IPIAÚ | Template Blue by TNB