Zelaya em Honduras: embaixada do Brasil é a base

|

http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/foto/0,,21842149,00.jpg
O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, conseguiu voltar a seu país e está abrigado na embaixada brasileira em Tegucigalpa. Zelaya - que entrou em choque com os militares, a Justiça e o Congresso de seu país por tentar fazer mudanças na Constituição e acabou expulso no dia 28 de junho - entrou clandestinamente no país na segunda e não deu detalhes de como conseguiu cruzar a fronteira. Ele já havia tentado retornar duas vezes e foi impedido pelo governo de facto. “Estou aqui para buscar o diálogo”, disse ele para jornalistas, de acordo com o Estadão. O Brasil, que junto com os Estados Unidos não reconhece o governo golpista, disse que não sabia sobre a volta de Zelaya, mas comemorou a escolha pela embaixada brasileira. Planalto e Itamaraty, segundo a Folha (para assinantes), consideraram uma demonstração da liderança e do poder moderador que o país vem assumindo na região. O governo de facto, liderado por Roberto Micheletti, protestou contra o Brasil e o responsabilizou por qualquer ato de violência que possa ocorrer. Micheletti fechou todos os aeroportos do país, decretou toque de recolher e pediu que o Brasil entregue Zelaya à Justiça hondurenha. No entanto, da embaixada brasileira, Zelaya convocou, na noite de segunda, a população de Honduras a desrespeitar o toque de recolher e marchar para a capital.
Por Camila Pomplana

0 Comentário:

 

©2009 NOTÍCIAS DE IPIAÚ | Template Blue by TNB