Reforma eleitoral aprovada na Câmara

|

http://g1.globo.com/Noticias/Politica/foto/0,,21834168-EX,00.jpg

A reforma eleitoral foi aprovada pela Câmara e agora segue para sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Se o projeto for publicado no Diário Oficial até o dia 3 de outubro, as novas regras valerão para as eleições de 2010. Os deputados aprovaram a liberdade irrestrita (“é livre a manifestação do pensamento, vedado o anonimato”, diz o texto) da internet no período eleitoral, mas os debates pela web foram limitados. No plenário, o relator do projeto Flávio Dino (PCdoB-MA) fez uma alteração que deixou clara a restrição: para a realização de debates será necessária a presença de 2/3 dos candidatos, assim como na TV e no rádio. De acordo com o portal G1, que traz os principais pontos da reforma eleitoral, a internet será livre para os candidatos, que poderão ter sites, blogs e páginas em redes de relacionamento. Ficaram de fora algumas inovações acrescentadas pelo Senado, como a eleição direta a qualquer tempo em casos de cassação de mandatos de prefeitos e governadores e exigência de “ficha limpa” dos candidatos.
Por Camila Pamplona

0 Comentário:

 

©2009 NOTÍCIAS DE IPIAÚ | Template Blue by TNB