Aécio tenta impedir CPI contra indústria de multas

|

http://www.pauloguedes.com.br/pg/components/com_fpslideshow/images/paulo_guedes_dilma_1.jpg

O deputado estadual Paulo Guedes (PT-MG) denunciou à noite passada o que chamou de “pressão violenta” do governador Aécio Neves, sobre a base parlamentar de seu governo, para que impeça a instalação de CPI destinada a investigar a cobrança abusiva de multas ambientais, sobretudo no norte do estado. O requerimento para criação da CPI foi protocolado na semana passada e tem o apoio de 28 deputados. Segundo Guedes, Aécio está pressionando seus aliados para que retirem as assinaturas.

“O governador Aécio gosta muito de CPI em Brasília, mas faz de tudo para impedir que seu governo seja investigado”, acusou o parlamentar.

A “CPI da Indústria de Multas” é a primeira CPI instalada na Assembleia de Minas para apurar denúncias contra órgãos do Governo Aécio. Seu alvo é o Instituto Estadual de Florestas que, de acordo com o deputado Paulo Guedes, está penalizando gravemente os produtores rurais, especialmente em Montes Claros e outros municípios do norte mineiro. Ali estão concentradas mais de 50% das multas, afirma o parlamentar.
Paulo Guedes sustenta ainda que, em carta encaminhada pelo Secretário de Estado de Meio Ambiente, José Carlos Carvalho, aos demais órgãos e equipes ambientais, foi ordenada a aplicação de uma redução de 40% nas novas autorizações de supressão de vegetação nativa em relação ao ano anterior. “Desde então, diversos licenciamentos ambientais em Minas têm sido negados e agricultores de todas as regiões passaram a receber multas entre R$ 700 e R$ 1 milhão, prejudicando a produção agrícola”, acusa o deputado.

Brasília Confidencial e Notícias de Ipiaú.

0 Comentário:

 

©2009 NOTÍCIAS DE IPIAÚ | Template Blue by TNB